HENRIQUE MEIRELLES BRADESCO

Juros vão voltar a subir fortemente sem reforma da Previdência, segundo Meirelles

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, advertiu que as taxas de juros no Brasil vão voltar a subir fortemente no Brasil se a Reforma da Previdência não for aprovada pelo Congresso Nacional. Em rápida entrevista após participar de seminário sobre a reforma, organizado pelo jornal Valor Econômico, o ministro disse que o relatório será apresentado amanhã. Segundo ele, a Reforma da Previdência está caminhando de forma “vigorosa” no Congresso Nacional.

“A grande conclusão é que a reforma não é uma questão de preferência, de opinião. É uma necessidade matemática e fiscal”, afirmou o ministro. Ele previu que, se o País não fizer a reforma no devido tempo, as taxas de juros ao invés de estarem caindo como agora vão subir fortemente. “Vai faltar recurso para o financiamento, o consumo, investimento, e o desemprego volta a crescer”, disse Meirelles.

O ministro fez questão de ressaltar que o Brasil está fazendo uma série de coisas que fará com que o País volte a crescer. Na sua avaliação, a economia dá sinais fortes de que está em trajetória de recuperação do crescimento. “A inflação está caindo muito forte e os juros estão caindo. Tudo isso é resultado do teto de gastos ter sido aprovado”, ressaltou.

 

 

fonte: http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,juros-vao-voltar-a-subir-fortemente-sem-reforma-da-previdencia-diz-meirelles,70001741221

+55 41 3022-6410

Praça São Paulo da Cruz, 50 - 80030-480 - Curitiba / PR - Brasil